Marco Aurélio oficializa pré-candidatura a prefeito de Imperatriz

Lideranças políticas e comunitárias da cidade de Imperatriz participaram na noite desta sexta-feira, 30 de agosto, do ato “Imperatriz Pode Mais”, evento que marcou o lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) a prefeito da segunda maior cidade do Maranhão.

Ao lado do presidente do diretório municipal do PCdoB em Imperatriz, Clayton Noleto, o pré-candidato Marco Aurélio recebeu o apoio de centenas de imperatrizenses, que lotaram o auditório da Associação Médica de Imperatriz, local onde foi realizado o ato político.

A ideia foi reunir várias forças políticas do município em busca da construção por uma unidade em Imperatriz, com frisou Clayton Noleto.

“Nós temos representações de várias cores partidárias, de vários segmentos representativos de nossa sociedade. Nós estamos reunidos porque sabemos que as grandezas de Imperatriz podem ser melhor aproveitadas. Imperatriz pode mais justamente pela capacidade de trabalho e de empreendedorismo do seu povo. Nós haveremos de construir uma grande unidade em prol da nossa querida e amada cidade”, destacou Noleto.

Marco Aurélio disse que sua pré-candidatura é um projeto que vai envolver todos os imperatrizenses e que o nome Imperatriz Pode Mais conclama para uma reflexão sobre a cidade.

“Nós não vamos personificar essa pré-candidatura no professor Marco Aurélio, esse é um projeto de todos nós. Esse é um projeto para além de mim, é um projeto da cidade de Imperatriz. O imperatrizense tem orgulho da sua cidade, mas infelizmente há uma frustação generalizada com os rumos que a cidade tomou. Nós queremos resgatar o orgulho da cidade. Imperatriz Pode Mais é um sentimento da cidade”, pontuou Marco Aurélio.

De acordo com Marco Aurélio, sua pré-candidatura será marcada pelo diálogo com todos os segmentos sociais de Imperatriz.

“Na última eleição municipal se votou sem esperança e é tão ruim quando se escolhe alguém por desilusão. Nós precisamos ter uma gestão que dialogue com todas as classes. Não se trata apenas de ter um prefeito. Se trata de ter um líder capaz de dialogar com toda a cidade, um líder capaz de ouvir e capaz de cumprir seus compromissos”, ressaltou.

Também participam do ato Imperatriz Pode Mais representantes de vários partidos, como Solidariedade, Cidadania, PSB, PT e PDT. O deputado estadual Rildo Amaral, do Solidariedade, disse que abdicou de uma pré-candidatura própria em nome de um compromisso de unidade por Imperatriz.

“Eu fiz o melhor dos acordos, o acordo em que eu não aceito o prefeito bater no povo de Imperatriz, o acordo em que eu não aceito professor seu maltratado, o acordo em que não precisaremos ir a Timon trazer gente para cuidar da nossa cidade. Esse é o acordo do deputado Rildo Amaral com o deputado Marco Aurélio. Um acordo pelo progresso da cidade, um acordo que zele por Imperatriz. Não há acordo mais valioso do que esse, porque é aqui que mora minha família e meus amigos. Marco Aurélio é um deputado referência em como fazer as coisas certas e isso nós estamos precisando em Imperatriz”, assegurou Rildo Amaral.

Nas redes sociais, o deputado federal e presidente estadual do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, fez questão de saudar o correligionário. Jerry avalia que, ao lado de Clayton Noleto, o pré-candidato do PCdoB dará “prosseguimento aos diálogos com outras forças políticas, partidárias e sociais” de Imperatriz, em busca de uma “ampla e vitoriosa coalizão”.

“Professor Marco Aurélio tem todas as credenciais para disputar e vencer as eleições em Imperatriz”, assinalou Jerry.

MP recomenda exonerações por nepotismo em Imperatriz, MA

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) expediu uma recomendação para que o prefeito de Imperatriz (MA) – a 630 km de São Luís –, Sebastião Madeira, exonere todos os ocupantes de cargo em comissão, de confiança ou funções gratificadas que configurem nepotismo no âmbito da administração pública na cidade. A proposta do promotor de justiça Albert Lages Mendes, titular da 6ª Promotoria de Justiça Especializada em Patrimônio Público, pede que, em 20 dias, o prefeito envie ao MP-MA cópia dos atos de exoneração dos servidores na condição de nepotismo.

O pedido veio após uma denúncia da Fundação Brasil de Fomento à Educação Ambiental, que entregou ao MP-MA relatório com o nome das pessoas contratadas, respectivos cargos ocupados e relação de parentesco com agentes políticos. Os ocupantes, segundo o documento, são parentes de várias autoridades da administração pública de Imperatriz, lotados em instituições diversas, caracterizando nepotismo cruzado.

 São eles: George Ramalho de Lima – diretor da Secretaria de Regularização Fundiária de Imperatriz (irmão do procurador-geral do Município, Gilson Ramalho de Lima); Samuel Pereira de Souza – cargo em comissão da Fundação Cultural de Imperatriz (irmão do secretário de Regularização Fundiária Urbana do município, Daniel Pereira de Souza); Eliete Moraes Souza – diretora do Departamento na Secretaria de Regularização Fundiária Urbana (esposa do secretário-adjunto da Fazenda e Gestão Orçamentária, Francisco Jefferson A. Souza; Klleyton Nascimento Silva – nomeado secretário da Juventude (filho do vereador João Francisco Silva, líder do Governo na Câmara); Wellington Santos de Oliveira – assessor técnico na Secretaria de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (filho do vereador Antonio Fernandes de Oliveira).

Na mesma situação, encontram-se, ainda, Ivanice Cândido Lima Falcão – presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente; Emanuel Afonso Falcão Almeida – lotado na Secretaria de Regularização Fundiária Urbana; e Wesley Alexandre Sarmento Falcão – lotado na Secretaria de Gabinete do Prefeito, que são, respectivamente, irmã, cunhado e sobrinho do secretário de Administração e Modernização, Iramar Cândido Lima.

Do G1
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Colisão em trecho urbano da MA-122 deixa duas mortes em Imperatriz, MA

Duas pessoas morreram após uma colisão com uma árvore na avenida Pedro Neiva de Santana – trecho urbano da rodovia MA-122 –, em Imperatriz (MA) – no oeste do Estado, a 629 km de distância da capital –, na madrugada deste domingo (6). A vítimas, os irmãos Francisco de Assis de Jesus Santos (de 32 anos) e João Manoel de Jesus (18), voltavam de uma festa, por volta de 4h.

O carro – modelo Celta – ficou completamente destruído. Com a violência do impacto, o veículo se partiu ao meio. Francisco de Assis Santos e João de Jesus eram naturais de Pindaré-Mirim (MA).

No sábado (5), outro acidente com morte na mesma rodovia havia sido registrado. Um motociclista morreu após o choque contra a traseira de um caminhão.

‘Rodovia da morte’
Em novembro de 2015, o alto número de acidentes na avenida Pedro Neiva de Santana foi tema de discussão na Câmara Municipal de Imperatriz. A conhecida ‘rodovia da morte’ liga a segunda maior cidade do Maranhão ao município vizinho de João Lisboa (MA), com 10 km de extensão.

À época, o vereador Enoc Lima Serafim (PDT) cobrou a revitalização da via e instalação de redutores de velocidade em alguns pontos. “Essa rodovia foi mal feita, inclusive a iluminação pública não funciona corretamente com vários pontos em plena escuridão”, defendeu em discurso no plenário.

Alta velocidade
Segundo dados mais recentes do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), de outubro de 2015, transitar em velocidade superior a máxima permitida em ate 20% é a campeã de infrações em Imperatriz, com 185 multas emitidas no período.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Imperatriz: morre o juiz Armindo Nascimento Reis

Na madrugada de hoje, dia 26, morreu o juiz Armindo Nascimento Reis, que estava internado em um hospital particular de Imperatriz-MA.
O magistrado havia sofrido um grave acidente de trânsito no dia 28 de fevereiro, quando pilotava uma moto e colidiu com um carro no cruzamento da avenida.
O juiz era um dos integrantes do Motociclistas Moto Grupo, que realizaram uma vigília em frente ao hospital em que estava internado.
Armindo Nascimento Reis chegou a apresentar algumas melhoras e a família só aguardava um avanço no seu estado de saúde para transferi-lo para um hospital em São Paulo. Mas ele não resistiu e morreu. 
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Polícia Rodoviária Federal prende foragidos de Goiás em Imperatriz

 A Polícia Rodoviária Federal prendeu na tarde desta terça-feira (2), na BR-010, em Imperatriz, a 626 km de São Luís, três pessoas consideradas foragidas pela a Justiça. De acordo com informações dos agentes policiais da PRF, Adarlete Sousa Oliveira, Ricardo Oliveira Delmondes Silva e Jone Cleber Mesquita Quaresma estavam conduzindo um veículo do tipo VW/Polo Sedan, de placa HAA 5458, sem nenhum tipo de documento que pudesse identificá-los.

Após as primeiras averiguações, os policiais constataram que no interior do carro cinco quilos de pó branco, aparentando ser cocaína. Além do flagra do entorpecente, foi constatado também que os três indivíduos possuíam mandados de prisão em aberto.

Através de levantamentos, o serviço de inteligência da Polícia Rodoviária Federal na região tocantina constatou que os três criminosos têm uma vasta ficha criminal no estado de Goiás, que inclui furto, porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Uma quarta pessoa, que também estava no interior do veículo abordado pelos policiais, foi conduzida para a delegacia para ser reconhecida. Ela também não tinha documento de identificação pessoal.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.