Blocos Tradicionais abrem desfiles no Carnaval de São Luís

A programação oficial do Carnaval em São Luís, na Passarela do Samba será aberta nesta sexta-feira (24) com o desfile dos blocos tradicionais do grupo B. A expectativa é que 250 mil foliões prestigiem os cinco dias de desfiles e apresentações no sambódromo.

 Mais de 85 atrações entre blocos tradicionais, turmas de samba, blocos organizados, escolas de samba, alegorias de rua, tribos de índio e blocos afros desfilarão este ano, além do show de encerramento. Todos os dias, a programação inicia às 18h com apresentação de grupos de tambor de crioula no entorno da passarela.
O folião que for prestigiar os desfiles na Passarela do Samba deve levar um quilo de alimento não perecível que deverá ser trocado pelo ingresso na bilheteria, que estará aberta a partir das 15h. O fruto da arrecadação será doado para Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).
O Baile Popular animado pelo Blocão do Bicho e outras atrações locais encerrará as festividades de Momo em São Luís. A apuração do Concurso acontece no Cine Teatro da Cidade, dia 1º de março, quarta-feira de Cinzas, a partir das 15h.
Programação
 
Sexta-Feira (24)
 
A partir das 18 horas: apresentação de grupos de tambor de crioula, no entorno da passarela;
Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo B
 
Boêmio do Ritmo
APAE
Gaviões do Ritmo
Renovação do Ritmo
Alegria do Ritmo
Kambalacho do Ritmo
Os Diplomáticos
Fênix
Os Baratas
Os Inacreditáveis
Príncipe da Meia Noite
Os Vingadores
Os Tradicionais do Ritmo
Os Curingas
Os Guerreiros do Ritmo
Dragões da Liberdade
Companhia do Ritmo
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Doze detentos fogem de unidade de Pedrinhas por buraco em muro

Do G1

Doze presos beneficiados com o trabalho interno fugiram da Unidade Prisional São Luís 2, no Complexo de Pedrinhas, nesta sexta-feira (24). Os dententos trabalhavam em uma fábrica de blocos e fugiram por um buraco feito no muro. Por enquanto, um deles foi recapturado.

O major Mauro, comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar, destacou que viaturas estão fazendo buscas para tentar recapturar os fugitivos. Os detentos teriam aproveitado o momento em que trabalhavam e usaram ferramentas para abrir o buraco no muro e fugir.

Os fugitivos foram identificados como: Fábio Ricardo Chagas; Mizael Rocha Araújo; Jones Fonseca Marques; Wallisson Cutrim Mota; Wesley Oliveira Soares;  Wagner Neris Correa;  Antônio Carlos Sobral Rocha; Joelson Pereira dos Santos; Pablo da Rocha Magalhães; Ruan Murilo Almeida Silva; e André Luís Sousa de Lima.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Administração Pública (SEAP) que disse ter acionado a Justiça para que se apliquem as devidas sanções cabíveis aos envolvidos, entre as quais a regressão de pena. A Seap informou ainda que será aberta investigação interna para esclarecer as circunstâncias que permitiram a fuga de detentos.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Vereador Raimundo Penha visita mercado da Liberdade e garante recursos para reforma do local

Na manhã deste domingo, o vereador Raimundo Penha (PDT), esteve visitando o mercado da Liberdade, juntamente com a vereadora Concita Pinto (PEN) e o secretário municipal de Pesca, Agricultura e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues. 
Na oportunidade, verificaram junto aos feirantes e alguns consumidores os problemas estruturais do local. 
O secretário da Semapa, Ivaldo Rodrigues, comprometeu-se em nome da Prefeitura de São Luís a resolver parte dos problemas emergenciais, como o disciplinamento do fluxo de veículos próximo ao mercado. 
“A outra parte iremos eu e a vereadora Concita, destinar 50 mil em emendas cada um, totalizando 100 mil reais, para que sejam resolvidos os problemas do mercado e dessa forma oferecer mais conforto para os consumidores.” enfatizou Penha.
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Ministro do STF extingue processo sobre pacote anticorrupção

Foi determinada nesta sexta-feira, pelo ministro do STF Luiz Fux, a extinção do mandado de segurança que questionava a tramitação do pacote de medidas combate à corrupção.
A decisão foi tomada logo após o ministro ser informado por Rodrigo Maia que a Casa validará os dois milhões de assinaturas de apoio ao projeto, segundo o que foi  determinado por Fux  no final do ano passado.
“Considerando os ofícios encaminhados pelos senhores presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados e juntados aos autos, denotando o cumprimento da ordem liminar e o atendimento da pretensão do impetrante, julgo extinto o processo”, decidiu o ministro.

Sobre o Pacote anticorrupção

Após a Operação Lava Jato e com a ajuda do Ministério Público e de mais de dois milhões de assinaturas da sociedade, o texto com as 10 medidas anticorrupção foi criado.
No fim de novembro do ano passado, a proposta foi aprovada pela Câmara mas sofreu várias mudanças- os parlamentares incluíram punições a juízes e a integrantes do Ministério Público por abuso de autoridade.
O projeto chegou a ser enviado para aprovação dos senadores. Porém, antes mesmo de ter continuidade  no Senado, Luiz Fux concedeu uma liminar (decisão provisória) a pedido de um deputado para determinar a devolução do texto à Câmara.
Para Fux, a proposta deveria ter tramitado como um projeto de iniciativa popular e não como um projeto de lei comum, que foi o que aconteceu.

Assinaturas de apoio

Como a Câmara afirma não ter condições de conferir as assinaturas, parlamentares acabam “adotando” a proposta popular e o tema tramita como um projeto comum.
No fim da tarde desta sexta, o presidente da Câmara , então, informou que a Mesa validará as assinaturas:
“Informo que, excepcionalmente, serão levados em conta, para fins de certificação do cumprimento dos requisitos constitucionais referentes à propositura de projeto de lei de iniciativa popular, todos os registros que apresentarem informações completas, em atenção à decisão liminar em epígrafe. Em seguida, submeta-se o processo ao presidente da comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para análise e ratificação do que certificado pela Secretaria Geral da Mesa”, diz o documento.
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, informou através de um outro documento encaminhado ao Supremo que devolveu o projeto à Câmara.

O que fazer com o projeto

O presidente da Câmara disse nessa quinta-feira(16) que não sabia o que fazer com o projeto e que aguardaria um posicionamento definitivo do Plenário do Supremo sobre o assunto.
Em resposta a essa declaração Luiz Fux  afirmou que não dar prosseguimento à tramitação da proposta de iniciativa popular é “violar a Constituição e dar as costas para o povo”.
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Vereador Raimundo Penha participa do IV Seminário Nacional de Vereadores do PDT

O Vereador de São Luís, Raimundo Penha (PDT), participa, em Brasília, do IV Seminário Nacional de Vereadores do PDT.

Tendo a Fundação e partido como organizadores, a iniciativa estimula durante os dias 16 e 17 de fevereiro, no hotel Nacional, a qualificação e a integração de filiados de todas as regiões do país.

Esta edição tem como tema “O Trabalhismo e a nova gestão pública municipal – Desafios à construção de um mandato transparente e participativo”.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

REFERÊNCIA NACIONAL! Com origem na Juventude, vereador Raimundo Penha, defende educação pública de qualidade

*Por Bruno Ribeiro 

No seu primeiro mandato em São Luís (MA), o parlamentar exaltou a integração entre os governos da capital e do estado.
Brasília, 15/02/2017 – O vereador de São Luís (MA), Raimundo Penha, 34 anos, é o retrato da importância da Juventude Socialista para o PDT. Desde o ensino médio, o pedetista milita na defesa das causas trabalhistas, com destaque para o fortalecimento das políticas sociais baseadas na educação pública de qualidade. Em 2016, após ocupar cargos no Executivo e nas entidades estudantis, o parlamentar saiu vitorioso na eleição para a Câmara da capital maranhense, onde conquistou 8.068 mil votos.
Na entrevista, Penha, que participará do IV Seminário Nacional de Vereadores do PDT,que correrá entre os dias 16 e 17 deste mês, em Brasília, conta detalhes da sua trajetória como gestor e militante, mostra exemplos das dificuldades encontradas, defende as bandeiras do partido, comenta o novo momento existente entre os governos de São Luis e do Maranhão, além de se posicionar com relação ao processo de ataque contra a democracia e os direitos sociais.
Segundo o vereador, o mandato será totalmente participativo, pois aproveitará o momento atual, onde a população mostra mais iniciativa e engajamento político.
Confira abaixo os detalhes do bate-papo exclusivo para o site da FLB-AP.
Como foi a evolução da sua atuação no Executivo e na política?
Iniciei minha militância ainda no ensino médio, como presidente do Grêmio Estudantil do Colégio Nerval Lebre, no ano 2000. Neste mesmo ano fui eleito presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas do Maranhão (UMES), sendo, em 2002, o primeiro da UMES.
Em 2007, assumi a presidência do Conselho Estadual da Juventude, órgão de controle de ações voltadas para a juventude, que é formado pelo poder público e pela sociedade civil organizada no Maranhão. Em 2012, fui eleito presidente da Juventude Socialista do PDT no Maranhão (JSPDT/MA), onde permaneci até agosto de 2015. Também, em  2012, administrei a tesouraria nacional da JSPDT.
No executivo, fui secretário municipal de Desportos e Lazer da prefeitura de São Luís, em 2013, onde fiquei até julho de 2014, tendo saído para assumir a presidência do Instituto de Previdência e Assistência do Município – IPAM.
Em 2016, fui eleito vereador com a expressiva votação de 8.068 mil votos.
Quais foram as bases para a vitória na última eleição?
Um conjunto de fatores impulsionou esta vitória. Creio que o clima político daquele momento e do atual, quando a sociedade clama por renovação política, ajudou. Outro fator decisivo foi ter a militância do PDT na nossa campanha. Membros da juventude socialista, ação da mulher trabalhista e movimento negro estiveram na linha de frente.
Sem dúvidas, a militância pedetista, em São Luís, é decisiva em qualquer campanha. Acredito que as redes sociais também ajudaram bastante. Por ser oriundo da militância da juventude, nossa mensagem nas redes sociais tiveram grande repercussão.
Em seu primeiro mandato, como avalia essa oportunidade na Câmara de Vereadores?  
Antes de tudo, devo dizer que é uma experiência diferente das que já vivi. Espero uma Câmara atuante, um espaço de grandes debates. Antes do início das atividades legislativas, continuei atuando nas comunidades, como sempre fiz. Essa proximidade com a sociedade me faz ter noção da realidade e ajudar a construir soluções viáveis, em parceria com a população.
Temos muito a contribuir, tanto pela minha  história de vida, como também pela trajetória política. Fui estudante de escola pública a vida toda e a educação é uma bandeira do PDT, logo será um das pautas que abordaremos no nosso cotidiano.
Nossa cidade tem outros temas que merecem nossa atenção, a exemplo da mobilidade urbana, regularização fundiária e, claro a implementação de políticas públicas para juventude.
Buscarei, além de apresentar bons projetos de lei, ouvir a população. Estamos implantando o máximo de ferramentas que permitam essa interação, pois a população é parte de nosso mandato.
Como avalia a situação política local?
Vivemos um tempo novo na política em nosso estado. Durante anos, prefeitos de São Luís e governador do estado sequer mantinham relações. Atualmente, temos visto uma parceria sólida entre os dois. Só este fato já ajuda muito neste momento de crise que passa o Brasil.
São Luís tem muitos desafios a enfrentar, mais já temos avanços históricos, como a licitação do transporte público.
A população tem sido cada dia mais ativa, tem se engajado mais na política, principalmente através das redes sociais, com críticas, sugestões e opiniões. Essas ações acabam saindo do ambiente online e indo para offline, impulsionando a classe política a ser mais proativa.
E no país?
Acredito que, assim como a maioria da população, vejo este momento com muita preocupação. Um cenário sombrio, pois, temos uma crise política que se arrasta e uma classe política que parece não achar solução. O debate político está judicializado.
O afastamento da presidente Dilma só aprofundou a crise. Comungo da tese que somente eleições diretas restabelecem a democracia e a normalidade do País.
Enquanto não temos novas eleições, as oposições precisam atuar juntas e precisam se aproximar ainda mais dos movimentos sociais para defender o direito do povo brasileiro. As reformas trabalhistas e previdenciárias, propostas pelo atual governo, penalizam os trabalhadores.
E a evolução do PDT?
O PDT faz parte da luta do povo brasileiro e, neste momento difícil, não poderíamos agir diferente. Ficamos ao lado do povo e da democracia.
Antes de falar das realizações, ressalto que o partido vem honrando sua história. Veja que estivemos nos governos Dilma e Lula e saímos ilesos de todo esse escândalo. Claro que não estamos fazendo mais que nossa obrigação, pois não é para se comemorar, porém é necessário deixar claro.
No aspecto organizacional, os dados das últimas eleições municipais mostram o nosso crescimento que é fruto de muita organização e muito trabalho.
Temos uma direção partidária presente nos estados e nos municípios. Temos movimentos partidários cada vez mais sólidos.
Qual a importância da formação política dos quadros do partido a partir da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini?
A Fundação tem o trabalho de capacitar e qualificar os agentes políticos. Isso é um ganho para todos nós, afinal o conhecimento, aliado ao trabalho, nos dá a possibilidade de crescer enquanto partidários, além de permitir olhar as demandas da sociedade de forma mais sensível. Assim, entendemos que precisamos atuar dentro da conjuntura política para amenizar as disparidades sociais, econômicas e culturais do Brasil.
A formação política, portanto, ajuda a lapidar nossa militância, que chega ao partido cheia de vontade e de sonhos, mais precisa de conhecimento. Conhecimento nunca é demais.
Você estará presente no IV Seminário Nacional de Vereadores do PDT. Qual a sua expectativa?
As melhores possíveis. Acredito que teremos uma oportunidade muito rica de aprendizado, de compartilhamento de idéias e de informações. Sem contar o convívio que nos proporciona a troca de experiências com colegas de partido de todo Brasil.

Pessoalmente, voltarei para São Luís cheio de orgulho, já que até agora o PDT foi o único a realizar um encontro como esses no começo das atividades do parlamento.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Whatsapp ativa função de senha; Veja como funciona

A verificação em duas etapas para o WhatsApp já está disponível para todos os usuários. Com ela, é possível colocar uma senha no aplicativo que servirá como uma camada extra de segurança quando a pessoa for cadastrar o WhatsApp em novos aparelhos. Além disso, periodicamente o app pede que o usuário insira a senha, em uma rotina de segurança.

Para quem tem medo de esquecer a senha e acabar “trancado” fora do seu WhatsApp, é possível cadastrar também um email. Caso o usuário esqueça os números, pode inserir o email e receberá uma mensagem com os procedimentos necessários para redefinir a senha. Quem preferir, pode não inserir nenhum email, mas nesse caso, se esquecer a senha, deve ficar sem acesso à conta.
A função já está disponível nas versões para iPhone, Android e Windows Phone. É bom lembrar que o recurso é opcional. Quem estiver com a última versão do app, deve ir até Configurações > Conta > Verificação em Duas Etapas > Ativar.
 
Veja algumas dicas para manter seu WhatsApp mais seguro:
* Duas etapas: A verificação apresentada no texto acima é a última novidade de segurança do WhatsApp.  Como a senha criada não é enviada por mensagem de SMS, caso o SIM do celular seja clonado não será possível habilitar uma nova conta somente com o número do aparelho e o código de confirmação que o app envia.
* App atualizado: Além de novidades, as atualizações trazem também correções de seguranças que são disponibilizadas periodicamente. Muitas vezes você pode nem perceber, mas é importante manter o app em sua última versão para evitar ataques.
* Celular com senha: Quando perdemos ou temos o celular roubado, uma preocupação grande deve ser, além da perda material, o vazamento de informações. O bloqueio de tela com senha ou PIN é importante para evitar que o bandido tenha acesso direto de maneira rápida aos seus dados.
* Desconfie de mensagens e correntes: “Reenvie para x amigos para desbloquear função tal” tem se tornado um meio comum de atrair pessoas para golpes. O WhatsApp não tem intenção de cobrar pelo serviço, não há opção para desbloquear mais cores no aplicativo e nem algo do tipo. Desconfie de mensagens que ofereçam algo diferente para você.
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Vereador Raimundo Penha visita instalações da futura unidade do Batalhão da PM na área Itaqui Bacanga

O Vereador de São Luís, Raimundo Penha (PDT) esteve na tarde desta terça (14) visitando, na companhia do Tenente Coronel Edvaldo, Comandante do Primeiro Batalhão,  as instalações onde funcionará a Unidade Operacional do Primeiro Batalhão da PM, na área Itaqui Bacanga, que além de atender a essa região irá cobrir as ocorrências de parte da zona rural.
Atualmente, os chamados são feitos pelo 190 e a unidade que atende a área é o Primeiro Batalhão da PM em Outeiro da Cruz e, com a criação dessa nova unidade, policiais e viaturas ficarão mais próximos da população, já que não vão ter que se deslocar de um bairro para outro.
“Parabéns à corporação pelo comprometimento com São Luís e a Vale do Rio Doce por ter cedido esse imóvel.” disse Raimundo Penha.
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Fies 2017: resultado é divulgado

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) divulgou nesta segunda-feira (13) a lista com os nomes dos candidatos que poder obter empréstimos para pagar mensalidades de cursos em universidades privadas. O resultado pode ser consultado no site http://fiesselecao.mec.gov.br/. O programa do Ministério da Educação (MEC) abriu 150 mil vagas.
Aqueles que forem aprovados na pré-seleção devem concluir a inscrição no SisFies no endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br, de 14 de fevereiro até as 23h59 de 20 de fevereiro de 2017. 
Os estudantes são classificados a partir da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, priorizando aqueles que não tenham concluído o ensino superior. Depois deles, entram na lista os candidatos que já são formados.
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Resultado do PAES tem 97% das vagas preenchidas e 74% dos aprovados oriundos da rede pública

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) divulgou, agora, à tarde, o resultado do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2017). Foram preenchidas cerca de 97% das vagas ofertadas, bem diferente de anos anteriores, em que havia sobras. Outro número comemorado foi a quantidade de aprovados oriundos de escolas da rede pública de ensino, que chegou a marca recorde de 74%.
Inscreveram-se mais de 54.700 pessoas no PAES 2017, sendo oferecidas 4.220 vagas distribuídas em todos os campi. Quatro novos cursos terão início em 2017 na Uema: Filosofia, Campus São Luís; Educação Física, Campus São João dos Patos; Ciências Contábeis, em Codó e; Ciências Naturais, no Campus Caxias.
O curso mais concorrido foi o de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da Polícia Militar do Maranhão (CFO), na categoria feminina. Foram 600,25 candidatas concorrendo a uma vaga. O segundo mais disputado foi Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública da PMMA, na categoria masculina, com 251,06 candidatos por vaga; seguido do curso de Medicina, com 244,62 candidatos por vaga.
O Processo Seletivo foi realizado nos campi de São Luís, Pedreiras, São João dos Patos, Caxias, Timon, Barra do Corda,Imperatriz,  Grajaú, Codó, Bacabal, Lago da Pedra, Coelho Neto,Balsas, Zé Doca, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra, Açailândia, Colinas  e Coroatá.
As matrículas de calouros do primeiro semestre serão realizadas no período de 13 a 17 de fevereiro. As aulas iniciarão em março.
Segundo o vice-reitor Walter Canales Sant´Ana, os números da edição 2017 do PAES são positivos e inéditos, resultado de uma ação articulada do Governo do Estado para potencializar o ensino médio e superior no Maranhão.
Do Jornal Pequeno
 
Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.