MINISTÉRIO FLUA REALIZA CAPACITAÇÃO COM JOVENS BATISTAS

Ministério Flua, de São Luis, durante esse final de semana, sábado e domingo (09 e 10/04) esteve ministrando um curso de capacitação em treatro, música e dança na Igreja Batista em GNF. 

A jovem Fernanda estava ministrando para os levitas, juventude e membros em geral da Igreja. Na ocasião o jovem Clovis (também do Ministério) estava presente.

Uma resposta em “MINISTÉRIO FLUA REALIZA CAPACITAÇÃO COM JOVENS BATISTAS

  1. ORAÇÃO DE UM CARPINTEIRO.
    Autor: BETO AZEVEDO PINHEIRO. (MEMBRO DA PIB EM GNF)

    Bom Deus quero desabafar contigo, hei de falar e hás de compreender.
    Como sabes tenho por profissão a carpintaria, a mesma que Teu filho exerceu quando esteve aqui na terra. Profissão essa, que exerço desde menino e com a qual até hoje sustento a minha família.
    Tudo aconteceu numa tarde de quinta-feira, veio até a minha carpintaria um emissário de Roma, trazia consigo uma ordem dos mais altos oficiais do império, nesse papiro estava escrito assim: deves fazer uma cruz tão resistente que ela não se parta durante o percurso que o acusado faça nem tampouco durante o tempo que ele fique dependurado na mesma.
    Não questionei a ordem, nem perguntei quem seria dependurado naquele madeiro, simplesmente a cumpri.
    Na mesma tarde, separei as ferramentas que seriam usadas nesse projeto, e pus-me a trabalhar. Mas algo fora do normal aconteceu e nunca tinha sentido isso.
    As ferramentas pareciam ter controle sobre si mesmas:
    O martelo que inúmeras vezes bateu pregos sem estragar um móvel sequer parecia descontrolado, desferindo golpes sem precisão.
    O esquadro insistia em não cumprir as linhas retas que tracei para aquele projeto.
    O serrote fez com que eu empregasse mais força que o necessário, e por mais incrível que possa parecer eu sempre o mantinha bem afiado.
    A lixa deixou de lado toda a sua aspereza, era como se a sua superfície estivesse revestida com veludo.
    Os pregos entortavam todas as vezes que entrava em contato com a madeira, recusavam-se a participar daquele projeto.
    Mas enfim, com muito esforço e trabalho consegui concluir o projeto.
    Essa cruz ficou muito mais pesada do que as que costumava fazer, tanto que, quando vieram buscá-la , trouxeram mais pessoas do das outras vezes. Depois que a levaram fiquei a pensar: triste sina daquele que levar essa cruz, será que seus ombros vão agüentar?
    Fiquei exausto naquele dia, deitei-me muito cedo, mas não consegui dormir pensando naquela cruz. E ao raiar do dia vieram me avisar:
    Aquela cruz que fizeste, nela crucificaram o REI DOS JUDEUS.
    Aquela notícia deixou-me muito arrasado, parecia que aquela cruz dobrou de peso e agora todo ele recaía sobre mim.
    Depois de muito chorar e me arrepender do que fiz (pois eu participei da morte de um justo) tomei a seguinte decisão: nunca mais construirei cruzes.
    De hoje em diante construirei bancos para que teus servos se sentem confortavelmente na TUA casa.
    Construirei telhados para que teus servos sintam-se abrigados das intempéries do tempo.
    Construirei púlpitos para que teus pastores preguem a tua mensagem de salvação.
    Vês Deus? Estou arrependido e quero TE fazer um pedido muito especial.
    PERDOA Ó PAI ESTE HUMILDE CARPINTEIRO, POIS FOI ELE QUEM FEZ A CRUZ ONDE TEU FILHO JESUS CRISTO FOI CRUCIFICADO.

    (este texto é dedicado a todos os membros da PIB EM GNF e demais irmãos em cristo.) e que deus abençoe a todos.
    (PARTICIPE DA CONSTRUÇÃO DA IGREJA BATISTA EM GOD. VIANA)
    BETO AZEVEDO PINHEIRO.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s